Páginas

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

CHÁ BENEFICENTE


29º DOMINGO DO TEMPO COMUM: Norma de Vida!

Durante o ano litúrgico, Deus orienta a nossa vida para que encontremos a paz que procuramos e, assim, colaboremos para que todos possamos viver em paz. Por isso, a luz da palavra de Deus nos é renovada todos os anos, para que a nossa vida nunca fique perdida nas trevas. 

Neste domingo (Mt. 22,15-21), Jesus aproveita a pergunta dos seus inimigos para orientar, sobretudo, os seus amigos. "Os fariseus fizeram um plano para apanhar Jesus em alguma palavra." Por isso, aproximaram-se, mais uma vez, de Jesus para perguntar: "É lícito ou não pagar o imposto a César?" Esta pergunta que é uma armadilha que os inimigos prepararam para condenar a Jesus, porém nós, que queremos seus amigos e seguidores, devemos fazer-nos para ouvirmos a mesma resposta que deu aos seus inimigos: "Dai a César o que é de César e a Deus o que é de Deus." 

Esta é ordem de Jesus, que nós conhecemos e ouvimos comentar muitas vezes: "Dai a César que é de César e a Deus o que é de Deus,". Nunca imaginamos que, com ela, Jesus nos lembrasse qual é a nossa missão como seus seguidores e comprometidos em viver e anunciar a todos a palavra de Deus e assim colaborar na construção do Seu Reino. "Dai a César o que de Cesar." Todo governante recebe a autoridade de Deus para cuidar do seu povo, para que não falte o necessário a ninguém e assim todos possamos viver em paz. Para que ele possa cumprir com esta missão, precisa da colaboração, também material, do povo. 

"Dai a Deus o que é de Deus." A Bíblia lembra-nos que todas as coisas pertencem a Deus, também as coisas materiais, e que nós devemos reservar uma parte (dízimo e oferta) para cuidar das coisas de Deus, do sustento dos seus ministros e da ajuda aos pobres. 

Por isso, nós, que queremos ser discípulos de Jesus, mensageiros do evangelho e colaboradores na construção do Reino, deveríamos meditar esta resposta que Jesus deu a seus inimigos, porém, serve para todos nós como norma de vida cristã.

Monsenhor Antonio

terça-feira, 14 de outubro de 2014

PROGRAMAÇÃO SEMANAL: De 13 a 19 de outubro

SEGUNDA FEIRA
Missa na Matriz – 19h
Reunião na Cidade Mirim – 20h

TERÇA FEIRA
Sem programação

QUARTA FEIRA
Missa e Novena em Baguaçu – 19h30
Reunião do CCP São Pedro – Jardim Tropical 2 – 20h

QUINTA FEIRA
Adoração ao Santíssimo – Matriz – das 06 às 16 horas
Terço da Misericórdia – Matriz – 15h
Missa na Santa Rita – 19h

SEXTA FEIRA
Missa no Bairro Lambari – 20h
Chá Beneficente do Projeto Santa Rita – Comunidade Santa Rita – 19h30

SÁBADO
Missa na Matriz - 19h
Celebração na Comunidade São José – Bairro Baguaçu – 19h30

DOMINGO
Missa na Comunidade Santa Rita
Celebração na Comunidade São Pedro – Jardim Tropical II – 9h30
Missa na Matriz – 10h
Missa na Matriz com transmissão pela Rádio Espaço Livre AM - 19h
ATENÇÃO: Chá Beneficente da Cidade Mirim – Cripta da Matriz – Domingo – 13h
********************************************************************

FRASE DA SEMANA: “No meio da dificuldade se encontra a oportunidade" Pense nisso e viva melhor!!!!!

sexta-feira, 10 de outubro de 2014

SOLENIDADE DE NOSSA SENHORA APARECIDA: Maria, exemplo de Mãe!

Estamos acostumados a venerar e Nossa Senhora e aos santos, e até os invocamos em nossas necessidades. Poucas vezes, porém, ou talvez nunca, pensamos que eles devem ser imitados. Assim com São Paulo afirma que o que está escrito, foi escrito para que nos sirva de exemplo, e o próprio Jesus diz: "Eu vos dei exemplo para que vocês façam a mesma coisa". Maria, com certeza, fica mais feliz em ser imitada do que em ser venerada. As leituras da missa de hoje, nos apresentam a missão de Maria, através de gestos concretos. 

Na primeira leitura, encontramos Maria simbolizada na pessoa de Ester. (Ester 5, 1-2;7,2-3). Ester usou de todos os dons que Deus lhe deu, sobretudo a sua inteligência e a sua beleza, para atrair os sentimentos do rei que mantinha a ela e o seu povo escravos. Quando o rei lhe disse: "O que pedes Ester? O que queres que eu faça? Ainda que pedisses a metade do meu reino, ela te seria concedida". Ester respondeu-lhe: "Se ganhei as tuas boas graças, ó rei, e se for do teu agrado, concede-me a vida, eis o meu pedido, e a vida do meu povo, eis o meu desejo!" Desta forma ela libertou seu povo da escravidão. 

No Evangelho (Jo. 2,l-11) encontramos a Maria numa festa de casamento. Não estava só, com ela estava Jesus e os seus discípulos. Podemos afirmar que, naquela festa de casamento, encontrava-se presente toda a Igreja de Jesus: estava Ele, seus discípulos e a sua mãe que, mais tarde, no Calvário, Ele a proclamará Mãe da Igreja. E aqui, ensina-nos que, na Sua Igreja, em nenhuma família pode faltar o necessário, tanto material como espiritualmente, para viver em paz e ser feliz. 

Assim temos a certeza que Maria nunca abandona seus filhos e que acompanha a Igreja, que é a nossa família, em todas as circunstâncias da vida. A história das suas aparições, através dos tempos, confirma esta verdade! 

Monsenhor Antonio

Foto: Adoração ao Santíssimo na Matriz. Na companhia de Nossa Senhora. Peça à Mãe que o Filho atende...

terça-feira, 7 de outubro de 2014

PROGRAMAÇÃO SEMANAL: De 06 a 12 de outubro

SEGUNDA FEIRA
Missa na Matriz – 19h

TERÇA FEIRA
Reunião dos Ministros da Eucaristia – Sala da Matriz – 20h

QUARTA FEIRA
Missa e Novena em Baguaçu – 19h30

QUINTA FEIRA
Adoração ao Santíssimo – Matriz – das 06 às 16 horas
Terço da Misericórdia – Matriz – 15h
Missa na Santa Rita – 19h

SEXTA
Assembleia no Abrigo São José – Posse da Nova Diretoria – Salão de Festas do Abrigo – 19h30

SÁBADO
Missa na Matriz - 19h
Missa na Comunidade São José – Distrito de Baguaçu – 19h30

DOMINGO
Missa na Comunidade Santa Rita – 8h
Missa na Comunidade São Pedro – Jardim Tropical II – 9h30
Missa na Matriz às 10h
Missa na Matriz às 19h transmitida pela Rádio Espaço Livre AM

FRASE DA SEMANA: “A única maneira de ter um amigo é, antes de tudo, ser amigo!”. Pense nisso e viva melhor!!!

sexta-feira, 3 de outubro de 2014

27º DOMINGO DO TEMPO COMUM: Nossa Missão!

O mês de outubro começa coma celebração da festa de Santa Terezinha do Menino Jesus, padroeira das missões. Este mês é dedicado às missões e lembramos que devemos rezar e até ajudar economicamente aos missionários e, sobretudo, precisamos lembrar que todos nós somos missionários, porque todos nós estamos neste mundo para cumprir alguma missão. A palavra de Deus deste domingo, diz-nos, claramente, qual é esta missão e a importância de que a cumpramos fielmente. Fazendo referência ao mandamento dado aos nossos primeiros pais, com estas palavras: "Crescei, multiplicai- vos, enchei e dominai a terra".(Gn.1-28) 

Na primeira leitura deste domingo (Is. 5,1-7), o profeta Isaías conta-nos a história de um amigo que plantou uma vinha, construiu uma torre para morar e também um lagar, para fazer vinho, com a confiança que produziria uvas doces e deliciosos vinhos. Mas, como só deu uvas amargas, resolveu destruir o que tinha construido e deixar o terreno abandonado para morada das feras. Isaías faz referência ao Criador que plantou um jardim para nós morarmos e, por causa do nosso egoísmo, o transformamos neste lugar dominado pela corrupção e violência. 

Jesus, no evangelho (Mt. 21,33-43), conta-nos a mesma parábola, acrescentando alguns detalhes: como: "Arrendou-a a uns vinhateiros e viajou". Que os vinhateiros se julgaram os donos da vinha, de forma que, quando o dono enviou os empregados para receber os seus frutos, "agarraram os empregados, espancaram a um, mataram o outro e ao terceiro apedrejaram". Jesus, refere-se a todos os profetas que Deus enviou para orientar o povo de Israel. 

Na segunda parte do evangelho, Jesus faz referência a si mesmo: "Finalmente, o proprietário enviou-lhes o seu filho, pensando: Ao meu filho eles vão respeitar. Os vinhateiros, porém, ao verem o filho, disseram entre si: Este é o herdeiro. Vinde, vamos matá-lo e tomar posse de sua herança. Então, agarraram o Filho, jogaram-nos para fora da vinha e o mataram". 

O mundo foi criado por Deus e confiado a todos nós para que procuremos que todos encontrem nele um lugar para morar e para trabalhar, tenham todas as coisas materiais e espirituais para viverem em paz. E Jesus termina o evangelho com esta advertência: "Por isso, eu vos digo,o reino de Deus vos será tirado e será entregue a um povo que produzirá frutos". 

O que será que Jesus diz hoje para nós? 

Monsenhor Antonio